Três homens são indiciados pela morte de jovem de 21 anos após sair de igreja evangélica em MT

CIDADES POLÍCIA

Os investigados já estão presos em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, por outros crimes cometidos após o homicídio do jovem Entony Luan Biulchi.

Três homens de 27, 28 e 30 anos, foram indiciados nesta quarta-feira (29) envolvidos na morte do jovem Entony Luan Biulchi, de 21 anos, após sair de uma igreja evangélica em junho do ano passado. O caso ocorreu em Nobres, a 151 km de Cuiabá.

Os três autores do crime respondem por homicídio qualificado, com previsão legal de pena de 12 a 30 anos de reclusão. Segundo a polícia, os indiciados já estão presos em Várzea Grande, região metropolitana da capital, por outros crimes cometidos após o homicídio de Entony.

A investigação da polícia apontou o autor do crime, o segundo envolvido foi responsável por dar apoio na fuga do primeiro, e o terceiro foi quem forneceu a arma de fogo e, também, informações sobre o paradeiro de Entony.

Além disso, os investigados têm passagens por diversos crimes, como porte ilegal de arma de fogo, roubos, tráfico de drogas entre outros.

Entony morreu após sair de igreja em Nobres — Foto: Reprodução

Relembre o caso

Na noite do dia 16 de Junho do ano passado, Entony conversava com o pastor em frente à igreja evangélica quando foi alvejado por um homem. Ao todo, foram cerca de 20 disparos de arma de fogo, segundo a polícia, e a vítima morreu no local.

Conforme investigação dos policiais, Entony tinha passagens por crimes de homicídio, tráfico de drogas, lesão corporal e era investigado por envolvimento com facções criminosas.

Por: G1

Spread the love

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *